Encerramento do MEI: saiba o que é e como realizar

Muitos confundem a declaração do MEI com a declaração de pessoa física, deixando de realizar a declaração da empresa enquanto a empresa está ativa e após seu encerramento.

Nos dias atuais, a sociedade brasileira tem escolhido se formalizar como MEI, devido ser uma forma mais acessível de empresa, com menos burocracia, da abertura até seu encerramento.

Na prática, não é tão simples quanto aparenta, pois, da mesma maneira que as demais categorias, o Microempreendedor Individual também possui direitos e deveres, devendo ter cautela e atenção até o momento final, ao realizar o encerramento do seu MEI.

A parcela de microempreendedores com CNPJs suspensos e cancelados pela Receita Federal aumentou demasiadamente desde 2019, circunstância que se justifica pela falta de conhecimento dos donos dos pequenos negócios.

Muitos não estão exercendo suas atividades e consequentemente nem gerando faturamento, mas permanecem ativos e julgam não precisar pagar por não possuir retorno financeiro.

Obrigações no momento do encerramento do MEI

Diante do exposto, explicaremos abaixo as obrigações do MEI no momento do encerramento do seu CNPJ.

Em muitos casos, quem é Microempreendedor Individual depois de algum tempo e por vários motivos decide encerrar seu negócio com MEI.

Entretanto não é tão simples quanto se imagina, pois existem obrigações que devem ser cumpridas pelo empreendedor, além de ser necessário realizar alguns procedimentos para dar baixa no CNPJ, conforme abaixo.

  • A primeira obrigação é pagar todos os boletos que constarem em aberto até a data do encerramento do CNPJ, independente do dia que o responsável legal decidir encerrar o MEI, ele terá que pagar o mês atual cheio, pois o valor é estipulado de maneira fixa e mensal e não proporcional;
  • Ao realizar o encerramento não tem como voltar atrás, pois a baixa é irreversível, após a conclusão, é necessário realizar a declaração especial de extinção que comprova o encerramento do cadastro;
  • Antes de dar baixa no MEI, recomendamos que verifique se todas as declarações anuais da sua empresa estão em dia;
  • Alguns estados exigem que além da baixa da empresa o responsável legal por ela verifique se será necessário o fechamento da atividade perante a junta comercial do estado também, pois caso tenha interesse em abrir novos negócios no futuro, só será possível se não houver nenhuma pendência anterior;
  • Além do encerramento por conta própria, o CNPJ também pode ser cancelado devido estar inativo por mais de 12 meses, com débitos em aberto, portanto, caso não esteja utilizando seu CNPJ e nem podendo efetuar o pagamento dos impostos mensais é importante realizar a baixa do CNPJ o quanto antes para evitar maiores valores em aberto.

Procedimento para realizar o encerramento do MEI

Confira a seguir os passos para realizar o encerramento do MEI pelo Portal do Empreendedor.

  1. Acesse o Portal do Empreendedor;
  2. Acesse a opção “já sou MEI”, vá em “baixa” e depois “solicitar”;
  3. Acesse sua conta no gov.br com CPF e senha, em seguida será solicitado o código de acesso do simples nacional, caso não se lembre ou não possua, ele deve ser gerado através do simples nacional, pelo link disponível na própria página. Serão necessários os números de CNPJ, CPF, título de eleitor ou recibo do imposto de renda das duas últimas declarações do imposto de renda de pessoa física e data de nascimento, após preencher tudo será gerado o código, salve e guarde para utilizar caso seja solicitado em outros procedimentos;
  4. Acesse novamente a página do gov.br e insira o código do simples nacional no campo solicitado e clique em continuar, caso seu cadastro seja antigo o portal poderá solicitar alteração dos dados cadastrais antes da baixa, nesse caso informe os dados preenchidos, confirme e volte à solicitação de baixa;
  5. Selecione os campos confirmando a baixa e emita o Certificado onde consta a situação da empresa “baixada”;
  6. Após concluir, deverá realizar a declaração de extinção do MEI, ela é uma versão especial da Declaração Anual e é obrigatório realizá-la após efetuar a baixa/encerramento da empresa informando a Receita Federal qual foi o faturamento bruto no ano anterior ou atual, dependendo do caso.
  7. Além disso, o responsável legal do MEI, deve estar atento ao limite de faturamento anual, que deve possuir seu faturamento dentro do limite de R$ 81.000,00 anualmente, que corresponde a R$ 6.750,00 mensais ou proporcional no ano de abertura, levando em consideração a média de meses que a empresa estiver aberta.

Declaração especial de encerramento do MEI

Os prazos para a realizar a declaração especial variam, conforme abaixo:

  • Quando o encerramento do MEI for realizado entre janeiro e 30 de abril, a declaração de extinção deve ser feita até dia 30 de junho;
  • Quando o encerramento do MEI for realizado entre 01 de maio e 31 de dezembro, a declaração de extinção deve ser feita até o último dia do mês seguinte ao da baixa.

Gostaríamos de ressaltar que apenas a baixa do CNPJ não cancela os boletos em atraso e nem os deveres não cumpridos durante o período em que o CNPJ esteve ativo. Sendo necessário realizar o pagamento de todas as DAS em atraso, bem como a declaração anual dos anos anteriores.

Caso o microempreendedor ao encerrar seu MEI, não cumpra com suas obrigações, as dívidas presentes no MEI passam para o titular do CPF responsável pelo CNPJ, indo inclusive, para a Dívida Ativa da União.

Você deseja realizar o encerramento do MEI sem incômodos e de forma rápida? Acesse o site Gerencia Mei e fique por dentro de todos os serviços disponibilizados pela plataforma.

LEIA TAMBÉM | O que é a alteração cadastral do MEI e como realizá-la


Gerenciamei - CNPJ 26.390.394/0001-25 © 2022 - Todos os direitos reservados